🏆🤖Clique aqui e participe da pesquisa Panorama da Inteligência Artificial Generativa no Brasil!
Tendências tecnológicas para aplicar na sua empresa no segundo semestre de 2023

Tendências tecnológicas para aplicar na sua empresa no segundo semestre de 2023

Nos últimos anos, a rápida evolução da tecnologia tem impulsionado transformações significativas em diversos setores, principalmente nos segmentos financeiro, de seguros, indústria e varejo. Novas tendências tecnológicas estão emergindo e moldando a forma como esses setores operam, interagem com os clientes e se mantêm competitivos no mercado. Neste artigo, exploraremos algumas das principais tendências tecnológicas […]

jun 30 , 2023

Início Blog Página Atual
Gestão Sem categoria Tecnologia UX

Nos últimos anos, a rápida evolução da tecnologia tem impulsionado transformações significativas em diversos setores, principalmente nos segmentos financeiro, de seguros, indústria e varejo. Novas tendências tecnológicas estão emergindo e moldando a forma como esses setores operam, interagem com os clientes e se mantêm competitivos no mercado.

Neste artigo, exploraremos algumas das principais tendências tecnológicas que prometem revolucionar esses setores nos próximos meses. Analisaremos como essas tendências estão impactando as empresas, proporcionando melhorias operacionais, impulsionando a inovação e permitindo a criação de experiências personalizadas para os consumidores.

Tendência tecnológicas no Setor Financeiro

Open Banking e Real Digital

O Open Banking é uma iniciativa que visa abrir os sistemas bancários tradicionais para permitir o compartilhamento de dados com terceiros autorizados. Isso promove a inovação e cria oportunidades para o desenvolvimento de novos serviços financeiros. Com o Open Banking, os clientes têm maior controle sobre seus dados e podem acessar produtos financeiros personalizados de diferentes instituições. Além disso, o compartilhamento de dados permite uma análise mais abrangente do perfil dos clientes, resultando em serviços mais eficientes e adaptados às suas necessidades.

Ademais, com o avanço das discussões sobre as Moedas Digitais de Bancos Centrais (CBDCs), surge uma questão importante: como o Open Banking pode se integrar a essa nova forma de moeda digital? As CBDCs, como o Real Digital, têm o potencial de transformar as transações financeiras, proporcionando maior segurança e eficiência.

Com o compartilhamento de dados facilitado pelo Open Banking, as CBDCs podem oferecer uma experiência de pagamento simplificada e acessível, permitindo que os clientes realizem transações instantâneas e interoperáveis em diferentes plataformas financeiras. A combinação do Open Banking com as CBDCs pode revolucionar a forma como lidamos com o dinheiro, oferecendo benefícios tanto para os clientes quanto para as instituições financeiras. Como essa integração acontecerá e quais serão os desafios e oportunidades envolvidos são questões que devem ser consideradas pelos setores financeiros e reguladores à medida que avançamos para a era das CBDCs.

Pagamentos digitais e NFC

A adoção de pagamentos digitais continua a ganhar destaque. As carteiras digitais, como Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay, permitem que os consumidores realizem pagamentos com facilidade usando seus dispositivos móveis. Além disso, a tecnologia de pagamento por aproximação, como NFC (Near Field Communication), está se tornando mais comum em dispositivos móveis e cartões de crédito, permitindo que os clientes façam transações sem a necessidade de inserir um cartão ou digitar senhas. Outra tendência emergente é o uso de criptomoedas, como o Bitcoin, como uma forma de pagamento digital descentralizada e segura.

Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning (ML)

A IA e o ML desempenham um papel cada vez mais importante no setor financeiro. Essas tecnologias são utilizadas para detectar atividades fraudulentas, analisar grandes volumes de dados de forma rápida e precisa, automatizar tarefas manuais e oferecer serviços personalizados aos clientes. Por exemplo, os chatbots baseados em IA são usados para fornecer suporte ao cliente, responder a perguntas comuns e auxiliar na tomada de decisões financeiras. Além disso, os algoritmos de aprendizado de máquina são empregados na análise de riscos de crédito, permitindo uma avaliação mais precisa da capacidade de pagamento dos clientes.

Tendência tecnológicas no Setor de Seguros

Seguros baseados em dados e IoT

A Internet das Coisas (IoT) desempenha um papel fundamental no setor de seguros. Dispositivos conectados, como sensores em veículos, residências e wearables, coletam uma quantidade enorme de dados em tempo real. Esses dados podem ser utilizados pelas seguradoras para precificar os riscos de forma mais precisa e personalizar as apólices de seguro de acordo com o comportamento individual dos segurados. Por exemplo, no seguro automotivo, os dados coletados por sensores podem ser usados para determinar prêmios com base nos padrões de condução do motorista.

Insurtechs mais eficientes

As insurtechs são startups que aplicam tecnologias inovadoras para transformar a indústria de seguros. Elas oferecem soluções digitais que simplificam e agilizam os processos de contratação de seguros, como seguros sob demanda, onde os clientes podem adquirir cobertura apenas quando necessário, plataformas de comparação de seguros que permitem aos consumidores encontrar a melhor opção de cobertura e aplicativos móveis que facilitam a gestão de apólices e sinistros. Por outro lado, a eficiência das insurtechs é um fator essencial para melhorar a experiência do cliente e impulsionar o crescimento do setor de seguros. Portanto, investir em tecnologias que promovam maior eficiência é fundamental para que essas empresas se destaquem no mercado cada vez mais competitivo das insurtechs.

Tendência tecnológicas no Setor Industrial

Internet das Coisas Industrial (IIoT)

A IIoT refere-se à aplicação da IoT no setor industrial. A conectividade de dispositivos e sensores permite o monitoramento em tempo real de máquinas, equipamentos e processos industriais. Isso possibilita a coleta de dados, a detecção precoce de falhas e a otimização da eficiência operacional. A IIoT também impulsiona a adoção de tecnologias como a automação robótica de processos (RPA) e a manufatura aditiva (impressão 3D), proporcionando maior flexibilidade e personalização na produção.

Inteligência Artificial na automação industrial

A IA está sendo cada vez mais utilizada na automação industrial para melhorar a eficiência e a produtividade. Algoritmos de aprendizado de máquina são aplicados para otimizar processos, identificar padrões de falhas em equipamentos, prever manutenções e melhorar a qualidade dos produtos. A IA também permite a integração de sistemas inteligentes de gerenciamento de energia, controle de estoque e logística, resultando em uma produção mais eficiente e sustentável.

Manufatura inteligente

A manufatura inteligente, também conhecida como Indústria 4.0, é uma abordagem que combina automação, robótica, análise de dados e IA para transformar a cadeia de produção. A digitalização dos processos industriais permite a coleta e análise de grandes volumes de dados em tempo real, possibilitando a tomada de decisões mais informadas e a identificação de oportunidades de melhoria. A manufatura inteligente também envolve o uso de sistemas de comunicação avançados, como a comunicação máquina a máquina (M2M) e a integração dos sistemas de produção com os sistemas de gerenciamento empresarial.

Tendência tecnológicas no Setor de Varejo

Jornadas de experiência do cliente personalizadas

O varejo está cada vez mais focado em oferecer experiências personalizadas aos clientes. Através da análise de dados e da IA, as empresas podem entender melhor as preferências e necessidades dos clientes, oferecendo recomendações de produtos relevantes e personalizadas. Isso pode incluir o uso de algoritmos de recomendação, análise de histórico de compras e segmentação de clientes com base em seus perfis e comportamentos.

Comércio eletrônico e mobile commerce

O crescimento do comércio eletrônico e do uso de dispositivos móveis para compras continua sendo uma tendência importante. As empresas de varejo devem adaptar suas estratégias para oferecer plataformas online eficientes e amigáveis para dispositivos móveis, incluindo otimização de sites, desenvolvimento de aplicativos móveis e integração de soluções de pagamento digital. A inteligência artificial também desempenha um papel fundamental, permitindo personalização avançada, recomendações de produtos e análise de dados para melhor compreensão do comportamento do consumidor. Isso impulsiona o alcance, a experiência do cliente e o crescimento das empresas de varejo.

Integração de canais (omnichannel)

Os consumidores esperam uma experiência de compra integrada e consistente em diferentes canais, como lojas físicas, sites, aplicativos móveis e redes sociais. As empresas de varejo devem investir em soluções tecnológicas que permitam uma integração eficiente desses canais, como sistemas de gerenciamento de estoque em tempo real, opções de compra online e retirada na loja física, e programas de fidelidade que sejam válidos em todos os canais.

Essas tendências tecnológicas têm o potencial de transformar significativamente as empresas brasileiras, impulsionando a inovação, a eficiência e a qualidade da experiência dos usuários. As empresas que souberem se adaptar a essas mudanças e aproveitar as oportunidades oferecidas pela tecnologia terão uma vantagem competitiva no mercado.

Conclusão

À medida que avançamos em uma era cada vez mais tecnológica, é essencial que as empresas do setor financeiro, de seguros, indústria e varejo estejam atentas às tendências em constante evolução. A adoção dessas tendências tecnológicas oferece uma série de benefícios, desde melhorias na eficiência operacional até o desenvolvimento de modelos de negócios inovadores. As empresas que abraçam essas tendências estão posicionadas para se destacar no mercado e atender às crescentes demandas dos consumidores por soluções ágeis e experiências excepcionais.

No setor financeiro, a qualidade das aplicações e a otimização da experiência dos usuários que interagem com seus produtos digitais é de extrema importância. Além disso, a tecnologias como blockchain e criptomoedas têm o potencial de transformar a maneira como as transações financeiras são realizadas, oferecendo segurança, velocidade e redução de custos. Ademais, a inteligência artificial e a análise de dados estão impulsionando a automação de processos e a personalização de serviços financeiros, permitindo que as empresas forneçam recomendações e soluções personalizadas aos clientes.

No setor de seguros, a internet das coisas (IoT) está desempenhando um papel fundamental ao possibilitar a coleta de dados em tempo real e a análise de riscos de forma mais precisa. Além disso, a implementação de chatbots e assistentes virtuais está melhorando a eficiência na comunicação com os clientes e agilizando processos de sinistros. A análise de dados e o machine learning também estão sendo aplicados para identificar fraudes e aprimorar a precificação de seguros, sem contar a importância de se investir na otimização das jornadas digitais dos usuários, proporcionando experiência personalizadas e únicas.

Na indústria, a tecnologia da Indústria 4.0 está promovendo a automação de processos de manufatura, utilizando Internet das Coisas (IoT), big data, inteligência artificial e impressão 3D. Essa revolução digital está proporcionando maior eficiência, flexibilidade e personalização na produção, além de criar oportunidades para a criação de produtos conectados e serviços inovadores. Por outro lado, a qualidade dos produtos digitais e a otimização da experiência dos usuários é de fundamental para a conquista de vantagens competitivas no setor.

No setor varejista, a qualidade da experiência dos clientes é o foco central. A realidade aumentada e virtual estão sendo usadas para aprimorar a experiência de compra, permitindo que os consumidores visualizem produtos antes de comprá-los. Além disso, a personalização baseada em dados está se tornando cada vez mais comum, com o uso de algoritmos e machine learning para oferecer recomendações personalizadas e ofertas direcionadas.

Em conclusão, as tendências tecnológicas estão redefinindo o cenário empresarial brasileiro. Para se manterem competitivas, as empresas devem acompanhar de perto essas tendências e estar dispostas a adotar novas tecnologias. Ao fazê-lo, elas estarão preparadas para enfrentar os desafios e capitalizar as oportunidades que essas tendências oferecem, garantindo um crescimento contínuo e a satisfação dos clientes. Aqueles que resistirem à mudança correm o risco de ficar para trás em um mercado cada vez mais dinâmico e orientado pela tecnologia.

Sobre a Zappts

Desde 2014 no mercado, a Zappts apoia marcas líderes em seus mercados, como a Porto, Getnet, BTG Pactual, Cateno, Ambev, Multilaser, Ultragaz, C&A e Burger King, entre outras. Com foco no desenvolvimento de software, especialmente em Front-end, UX Design, Quality Assurance e Gestão de Ambientes Cloud atua no planejamento, gestão e operação de serviços de desenvolvimento de soluções digitais corporativas, gestão de ambientes e transferência de conhecimento por meio da tecnologia da informação. 

Somos uma empresa referência, na criação de experiências digitais para os usuários, além de desenvolver soluções inovadoras e rápidas, atuamos em modelo 100% remoto, com equipes distribuídas em mais de 18 estados do Brasil.

Para saber mais sobre como a Zappts pode ajudar sua empresa, clique aqui, e garanta um free assessment com nossos consultores tech.