🏆🤖Clique aqui e participe da pesquisa Panorama da Inteligência Artificial Generativa no Brasil!
Infraestrutura sustentável: A importância do ESG

Infraestrutura sustentável: A importância do ESG

Nas últimas semanas, com a Conferência do Clima que aconteceu no Egito (COP-27), muito se falou sobre a sigla ESG. Este termo que leva em consideração aspectos do meio ambiente, sociedade e governança, também está em alta entre os brasileiros. Um estudo  mostra que 38% dos brasileiros entrevistados já ouviram falar do termo. Entre os […]

nov 24 , 2022

Início Blog Página Atual
Gestão

Nas últimas semanas, com a Conferência do Clima que aconteceu no Egito (COP-27), muito se falou sobre a sigla ESG. Este termo que leva em consideração aspectos do meio ambiente, sociedade e governança, também está em alta entre os brasileiros. Um estudo  mostra que 38% dos brasileiros entrevistados já ouviram falar do termo. Entre os mais jovens, a porcentagem é ainda maior. 

E você? Já ouviu falar de ESG? Venha entender porque este termo pode alavancar seus negócios e porque sua empresa precisa ficar de olho nessa pauta.

O que é ESG ? 

ESG é uma sigla para Environmental, Social and Governance e se traduz em boas práticas que as empresas seguem em torno da sustentabilidade, responsabilidade social e governança corporativa. 

E – Environmental – Meio ambiente

Diz respeito às práticas sustentáveis como redução de pegada de carbono e práticas menos agressivas ao meio ambiente. Os dados são reportados sobre mudanças climáticas, emissões de gases de efeito estufa, perda de biodiversidade, desmatamento, poluição, eficiência energética e gestão da água.

S – Social

A parte social mostra as preocupações da empresa quanto à comunidade, diversidade e inclusão de pessoas. Os dados são reportados sobre segurança e saúde dos stakeholders, condições de trabalho, diversidade, equidade e inclusão, conflitos e crises humanitárias, e são relevantes nas avaliações de risco e retorno diretamente por meio de resultados que aumentam (ou destroem) a satisfação do cliente e o envolvimento dos funcionários .

G – Governance – Governança

A governança corporativa trata-se de boas práticas da própria estruturação da empresa como conselhos, comitês, auditorias e canais de denúncia. Os dados são reportados sobre governança corporativa, como prevenção de suborno, corrupção, diversidade do Conselho de Administração, remuneração executiva, segurança cibernética e práticas de privacidade e estrutura de gerenciamento.

A sigla apareceu pela primeira vez em 2005, em uma conferência da ONU onde instituições financeiras se reuniram para propor meios de envolver o tema dentro deste mercado. Desde então, empresas dos mais diversos segmentos vêm aplicando e propondo práticas ESG. Com a pandemia, a pauta se popularizou ainda mais por ter despertado um sentimento de urgência e dever com o meio ambiente e com os consumidores. 

O sentimento desses consumidores é refletido nos próprios resultados do estudo. Dos entrevistados, 75% dizem que empresas com práticas sustentáveis têm mais chances de fidelização e ainda mais da metade dos entrevistados aceitariam pagar mais caro por um produto que agrida menos a natureza. 

Não só consumidores, mas o próprio mercado e investidores também estão de olho em empresas com bons indicadores em ESG. Segundo outra pesquisa , 90% dos investidores entrevistados responderam que ESG pode ser um dos fatores decisivos na hora de alocar recursos financeiros, e três quartos ainda dizem que estariam inclinados a desinvestir em uma empresa caso essa tivesse baixos indicadores de ESG. 

Esses fatores mostram que a cada ano as empresas brasileiras estão mais interessadas em ESG, e com razão. O tema é visto como importante para o lado do consumidor, que prefere e promove marcas com bons indicadores, e também é visto como importante para o investidor que considera que práticas sustentáveis alavancam a lucratividade das empresas. A bolsa de valores brasileira (B3), por exemplo, possui um índice de sustentabilidade empresarial, que é composto por ativos de empresas reconhecidamente comprometidas com práticas sustentáveis. E desde sua criação, os ativos deste índice representaram uma maior rentabilidade contra a média da bolsa em geral. 

Aplicando práticas ESG na Infraestrutura tecnológica

Existem diversas práticas em ESG que podem ser aplicadas em sua empresa, porém muitas delas passam despercebidas para a maioria dos gestores. É importante que todas as áreas do seu time de negócios estejam avaliando como implementar práticas ESG em seu departamento. E isso pode ser, em muitos casos, um desafio maior para aqueles que cuidam da área de infraestrutura. 

É nesse cenário que as ofertas de provedores de nuvem podem ser valiosas e diferenciadas para quem busca aplicar práticas ESG, reduzindo custos operacionais e a pegada de carbono de sua infraestrutura.

Estudos indicam que uma infraestrutura em nuvem AWS, por exemplo, é em média 3,6 vezes energeticamente mais eficiente do que um data center tradicional. Além disso, a AWS tem como meta que toda a infraestrutura da organização utilize 100% de energia renovável até 2025.

Além disso, com AWS, relatórios sobre sua pegada de carbono são criados automaticamente, facilitando a geração de dados para indicadores ESG de sua empresa.

Utilizando uma infraestrutura em nuvem, sua empresa tem acesso aos mais modernos processadores do mercado, que diminuem a pegada de carbono e proporcionam melhor custo em relação à performance. A AWS lançou recentemente a nova geração de máquinas virtuais que utilizam os processadores Graviton3 que usam até 60% menos energia do que as outras máquinas comparáveis. 

Um último desafio é como coletar os dados ESG e gerar métricas e indicadores que possam ser apresentados para o público e para o mercado. Migrando sua infraestrutura para nuvem, você é capaz de construir uma solução de dados que permita extrair e consolidar indicadores ESG e traçar um plano de ação para sua empresa, para que seja atraente tanto para o usuário quanto para os investidores.

Precisa de ajuda para ter uma infraestrutura mais sustentável?

A Zappts pode ajudar sua empresa na migração para nuvem e manutenção da infraestrutura da sua empresa. Desde 2014 a Zappts entrega resultados de negócio por meio de tecnologia, entregando cases de alta relevância usando processos ágeis, boas práticas de desenvolvimento e qualidade de software e uma capacidade ímpar de entender e resolver as dores do dia-a-dia de projetos de desenvolvimento de tecnologia.

Contemplamos soluções para todas as fases do desenvolvimento de soluções digitais, desde os processos de descoberta até a sustentação da solução. Com processos definidos e gestão ágil, nossas entregas são sempre baseadas em alinhamento de expectativa, qualidade e robustez técnica.

Entre em contato clicando aqui, e saiba mais sobre a Zappts.