🏆🤖Clique aqui e participe da pesquisa Panorama da Inteligência Artificial Generativa no Brasil!
Experiência do usuário e inovação em seguros

Experiência do usuário e inovação em seguros

Inovação é o pilar do sucesso independente do mercado em que a sua empresa atua, mas principalmente no nicho de seguros. Afinal, além de lidar diretamente com o público, contam com uma massiva e ampla concorrência. Nos últimos anos é impossível falar em inovação sem falar do consumidor moderno e, com ele, o novo perfil […]

jan 16 , 2023

Início Blog Página Atual
Gestão

Inovação é o pilar do sucesso independente do mercado em que a sua empresa atua, mas principalmente no nicho de seguros. Afinal, além de lidar diretamente com o público, contam com uma massiva e ampla concorrência.

Nos últimos anos é impossível falar em inovação sem falar do consumidor moderno e, com ele, o novo perfil de compra e venda do mercado. Isso porque o mundo muda a todo momento e com ele as formas de consumo também, o que impacta diretamente as empresas e suas estratégias de divulgação de serviços/produtos.  

Como vender para o consumidor moderno? Uma das tendências apontadas como base para essa resposta é a experiência do usuário, ou user experience. Hoje mais de 60% das empresas investem fortemente no tema. Afinal, falamos de um público exigente que, além de um produto, busca atendimento qualificado, marcas com as quais se identificam e, sobretudo, ter suas expectativas atendidas. 

Prova disso é o fato de que 89% dos brasileiros hoje em dia afirmam que a experiência de compra impacta diretamente na decisão de levar o produto. O estudo, realizado pela PwC, ainda mostra que, a nível global, 73% dos consumidores levam em conta a experiência pré-compra. 

Mas de que forma a experiência do usuário pode impactar diretamente o mercado de seguros? Continue lendo e confira!

Principais tendências de experiência do usuário para o mercado de seguros

A tecnologia transforma o mercado e no ramo de seguros não é diferente. Com tudo o que tem acontecido no mundo nos últimos anos em termos de saúde e economia, pensar no novo consumidor é essencial para desenvolver abordagens eficientes para converter vendas de produtos e serviços.

Nesse cenário, as seguradoras têm crescido cada vez mais na lista de serviços essenciais para muitas pessoas. Mas, quem é o novo consumidor e como fazer para atraí-lo? Separamos algumas tendências que podem ajudar líderes de tecnologia do setor!

Atendimento ultra personalizado 

O objetivo é tornar a jornada do cliente mais rica e ampliar a percepção do mesmo diante do valor da sua marca. Para isso, o segredo é trabalhar visando o consumidor como o centro de todas as operações de negócios, a alma da sua empresa. 

Quando trazemos isso para o contexto de seguros, de maneira lúdica, podemos dizer que as empressas seguradoras precisam ir muito além de exercer suas atividades tradicionais. É preciso estar focado em avaliar o mercado, em âmbito profundo, na busca de soluções que favorecem a empresa e estejam conectadas com as necessidades do novo cliente em potencial. Preste bem atenção, o novo cliente em potencial, indivíduo. Pensar de forma personalizada e única para cada cliente é o que tornará a sua marca destaque em meio a outras. 

Hoje o consumidor busca se sentir importante, especial, quer ser ouvido, ter uma experiência satisfatória. Afinal, muitos deles estão dispostos a pagar mais por um produto, desde que a experiência seja única, colocando então como prioridade número um, para além do próprio produto ou serviço.

Redes parceiras

O objetivo é fazer com que as empresas do setor de seguros passem a desenvolver uma rede de especialistas em múltiplos nichos a fim de auxiliá-lo a fechar negócios. É uma grande oportunidade de fortalecer a economia, operações do mercado e superar adversidades que vêm sido reflexo dos últimos anos. 

Esta é uma tendência que complementa totalmente o novo consumidor pós-pandemia, que tem se tornado cada vez mais cauteloso e desconfiado na jornada de compra. Conquistar credibilidade e fortalecer elos é uma tarefa a longo prazo que exige constante manutenção. 

Produtos adaptados ao contexto

Que o mundo mudou depois da pandemia, é impossível negar. Os reflexos disso em sociedade ainda são, por vezes, imensuráveis. Mas o fato é: sua cartela de produtos e serviços precisa acompanhar essa transformação. O novo consumidor é exigente, bem informado e cada vez mais cuidadoso com seu estilo e qualidade de vida. 

Hoje ele busca produtos que conversem com o modelo de vida que ele deseja viver. Cada ser humano é único, e os seus serviços precisam atender cada um em suas particularidades. Se trata de um fenômeno mundial, as empresas seguradoras devem se atentar a pontos chaves como lifecare, saúde, previdência e outros. Sempre pautados na prevenção e estabilidade. 

Flexibilidade

Aliado à adaptação de produtos, é claro que vem a flexibilidade. É preciso contar com colaboradores que entendam o contexto do mercado e saibam identificar as nuances e mudanças no estilo de consumo. No setor de seguros não é diferente. Isso precisa transparecer em tudo, desde o primeiro contato com possíveis clientes até comunicações em massa, como redes sociais e propagandas. Estar atualizado sobre o que acontece ao nosso redor é primordial para a construção de autoridade no mercado. 

Ações focadas em ESG

Traduzindo ao pé da letra, ESG significa: environmental, social and governance. Isso tudo em português pode ser nomeado de ASG: ambiental, social e governança. O termo tem se tornado tendência nos últimos anos e já é tema de diversos eventos e discussões do universo empresarial. Isso porque tem sido visto como fator primordial para a boa visibilidade de uma marca, não apenas no mercado em que atua, mas com o público que busca impactar. 

O ESG de uma empresa diz muito sobre seu comportamento e suas ações para mitigar e adaptar impactos ambientais, construir um mundo mais justo e uma sociedade mais saudável. É através disso que podemos medir empresas que são verdadeiramente engajadas e comprometidas com o futuro e com as atitudes socioambientais. 

Em termos de vantagens para a sua empresa, podemos citar: 

  • Marketing positivo e orgânico;
  • Reforço de credibilidade, compromisso e responsabilidade;
  • Melhores oportunidades de prospectar consumidores modernos.

Segurança digital 

Além do atendimento personalizado, comercialização figital (físico + digital), algo que continuará sendo tendência em 2023 e por muitos anos no futuro, é a segurança digital. Hoje milhares de vidas estão online, milhões de pessoas conectadas que dependem do digital para trabalhar, estudar e se comunicar. Garantir a segurança dessas pessoas, dos seus dados e informações sensíveis, é a base para qualquer nicho.

Quando falamos em seguros, que lida diariamente com informações delicadas e até mesmo de caráter financeiro, o exercício de regras de LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), se torna essencial. Investir em softwares especializados nessa organização e proteção de dados é o primeiro passo. 

Outras inovações no setor de seguros

Softwares e inteligência artificial

Hoje em dia, pelo menos 41% das empresas brasileiras utilizam inteligência artificial e essa, com certeza, é uma das principais inovações do mercado nos últimos e próximos anos. Estima-se que em 2022 o investimento total no setor tenha chegado a U$ 504 milhões de dólares. 

Deste montante, 44% utilizou a tecnologia para detectar falhas de segurança e/ou ameaças digitais, outros 44% para conversação/relacionamento com o cliente e 30% para vendas. Além de outros 30% que focaram na automatização de processos a fim de melhorar a experiência do usuário. 

No mercado de seguros, especialistas afirmam que essa tecnologia se faz fundamental na prevenção de fraudes e na busca rápida e otimizada de oportunidades. Além do aprimoramento na relação com o cliente, tornando um diálogo mais próximo e ativo entre marca e consumidor. 

Inovação aberta, o open innovation

Os últimos anos têm sido de grande dificuldade para múltiplos setores, afinal, falamos de um cenário onde a instabilidade ganhou grandes proporções. Mas como reverter o cenário e minimizar esses efeitos? É o que muitas seguradoras têm tentado descobrir. Um excelente caminho tem sido a inovação aberta, o open innovation

O conceito nasceu em 2003 e desde então surge como um novo olhar, uma alternativa, para facilitar o acesso das empresas à inovação e tecnologia. Tudo isso através da premissa de contar com parcerias de empresas especializadas no assunto. O objetivo é ampliar o poder de execução e investimento no setor. 

No ramo de seguros, pensar nisso como uma solução para unificar dados, integrar sistemas e otimizar processos é fundamental. A partir dos dados organizados e devidamente extraídos, é possível traçar planos de ação mais assertivos, criar produtos e serviços mais conectados com a realidade da sua marca/consumidor. O resultado? Prospecções mais assertivas e possíveis. 

Novas formas de fazer o que já é feito!

Pode parecer pouco inovador a ideia de refazer o que já vem sendo feito. Mas é a partir daí que moram grandes oportunidades de crescimento, economia e, claro, automação. Revise os processos da sua empresa hoje e liste aqueles que podem passar por uma reformulação. 

Isso engloba desde sistemas utilizados internamente, processos de prospecção de clientes, comunicação com público externo, táticas de vendas e etc. Faça uma varredura em tudo o que é realizado hoje e defina pontos que podem, com auxílio da tecnologia, serem refinados. 

Por exemplo, um software de gestão de documentação pode substituir as milhares de pastas armazenadas na nuvem ou na velha sala de arquivo. Assim a rotina se torna mais otimizada, organizada e livre para focar mais em outros objetivos, mais relevantes na escala de priorização. 

Investir em cyber seguros

Um grande destaque do mercado de seguros é o cyber seguro, também entendido como um seguro específico contra riscos do universo digital. São serviços focados na proteção de empresas contra vazamentos de informações importantes tal qual contatos, estratégias, dados financeiros e mais. 

A tendência é que o mercado segurador cresça cada vez mais nessa área de proteção e LGPD. Como consequência, modernize sua carta de serviços para se adaptar à realidade do cyber-customer. 

Responsabilidade civil

Pode até parecer um termo novo ou estranho, mas é um nicho que vem crescendo exponencialmente no mercado de seguros. Com um crescimento de 24,1% no primeiro quadrimestre de 2022. O foco desse nicho é proteger empresas de reclamações de dados ocasionados em situações de prestação de serviços de terceiros. É um serviço amplo que vai além do ramo de seguros, englobando até mesmo os segmentos de advocacia, medicina, engenharia e mais. 

Por que é difícil investir na experiência de usuário e na inovação em seguros? 

Agora que você já conheceu algumas tendências que serão transformadoras para o mercado em 2023, pode estar se perguntando o porquê é tão difícil tornar isso uma realidade. Especialmente quando falamos no ramo de seguros. 

A verdade é que responder essa pergunta leva em conta inúmeros aspectos que são alimentados a muitos anos em múltiplas empresas. Mas o principal deles é o medo da inovação e a visão limitada ao “mais do mesmo”. 

Trata-se de um mercado, por vezes, visto como ainda conservador, com amarras que podem ser afrouxadas a partir da modernização de serviços. Tais como demandas flexíveis, clausulados personalizados, mais dinâmicos. Além de mais clareza no processo de contratação, menos burocracia e mais investimento em comunicação B2C e B2B.

A tecnologia ainda é algo distante e pouco compreendida por muitos, mas não precisa ser, e a Zappts existe para desmistificar isso. 

Desde 2014, sempre entregando cases de alta relevância usando processos ágeis, boas práticas de desenvolvimento e qualidade de software e uma capacidade ímpar de entender e resolver as dores do dia-a-dia de projetos de desenvolvimento de tecnologia. Empresas como a Porto, BTG, Santander, Getnet, PagoNxt e Auttar confiam seus processos de consultoria e desenvolvimento tecnológico com a Zappts.

Contemplamos soluções para todas as fases do desenvolvimento de soluções digitais, desde os processos de descoberta até a sustentação da solução. Com processos definidos e gestão ágil, nossas entregas são sempre baseadas em alinhamento de expectativa, qualidade e robustez técnica.

Para saber mais sobre estas soluções e garantir um free assessment de 1 hora com nossos consultores, entre em contato clicando aqui.