🏆🤖Clique aqui e participe da pesquisa Panorama da Inteligência Artificial Generativa no Brasil!
Alto custo de operações de TI no setor de seguros, descubra os impactos

Alto custo de operações de TI no setor de seguros, descubra os impactos

No primeiro semestre de 2022 o mercado de seguros brasileiro chegou a marca de R$13,1 bilhões em faturamento. Isso representa um crescimento de aproximadamente 19,6% em relação ao mesmo período de 2021.  ‍ As informações foram divulgadas pela 22ª edição do Boletim IRB+Mercado feito com base nos dados coletados pela Susep (Superintendência de Seguros Privados). […]

jan 04 , 2023

Início Blog Página Atual
Gestão

No primeiro semestre de 2022 o mercado de seguros brasileiro chegou a marca de R$13,1 bilhões em faturamento. Isso representa um crescimento de aproximadamente 19,6% em relação ao mesmo período de 2021

As informações foram divulgadas pela 22ª edição do Boletim IRB+Mercado feito com base nos dados coletados pela Susep (Superintendência de Seguros Privados). Em meio a um nicho em constante expansão, líderes do setor de seguros querem saber, o que tem causado esse crescimento? 

Especialistas afirmam que a evolução do mercado tem sido motivada por inúmeros fatores, dentre eles a retomada da economia pós-pandemia. Afinal, tem sido um momento em que nós brasileiros estamos descobrindo que seguros vão muito além de proteger veículos, casas e nossas vidas, podendo ser adquiridos sob demanda e garantindo segurança para o futuro. 

As empresas do ramo têm seguido o comportamento deste novo perfil de consumidor, criando produtos cada vez mais personalizáveis e acessíveis. A partir daí, surge um outro pilar desse crescimento mercadológico: o investimento em tecnologia, softwares e demais aspectos das operações de TI

Mas de que forma a TI pode potencializar os resultados de negócio do setor de seguros? Vale a pena o investimento?

Transformação digital em projetos de seguradoras

Antes de tudo é preciso entender de que forma as operações de TI podem contribuir para uma transformação digital e quais os efeitos disso em termos de autoridade no mercado. Além disso, entender como o mau ou não-investimento em tecnologia pode prejudicar a empresa seguradora. 

O conceito-base de transformação digital consiste em aproveitar melhor os dados coletados da base de mercado/clientes relevantes, transformar modelos de negócio e criar propostas de valor. Além de, claro, acelerar o processo de crescimento e expansão, ponto fundamental no mercado de seguros.

7 formas de alcançar a transformação digital por meio de TI em seguradoras

1 – Garanta a integração dos sistemas

Integração entre sistemas é uma forma de otimizar o trabalho, especialmente quando falamos em empresas do setor de seguros. Utilizando uma ferramenta que tem como objetivo a integração, é possível criar um fluxo de trabalho que funcione de forma conjunta e eficaz nas demandas do dia a dia. 

Sendo assim, impacta de forma positiva a produtividade e as entregas de todos os colaboradores, independente do departamento em que atuam. Além de, claro, facilitar o processo no esclarecimento de dúvidas, direcionamentos de execução e mais. 

Mas vale lembrar que cada seguradora possui um foco e uma rotina de entregas, um software focado em integração precisa ser adaptável e eficiente para esses variados ecossistemas. Afinal, não adianta ser uma ferramenta que funciona apenas para um lado da malha corporativa. 

Antes de implementar qualquer sistema de integração, busque entender a realidade de cada setor no mercado de seguros. Levante as dores e os pontos positivos da rotina atual e tente encontrar uma plataforma que engloba de forma positiva todos os pontos levantados. 

2 – Use e abuse de APIs & Middleware

Outra forma de transformar os processos em seguradoras é utilizar middleware que nada mais é do que uma solução que unifica diferentes aplicações com o objetivo de estabelecer uma comunicação universal. Sendo assim, oferece uma conexão eficiente e inteligente visando acelerar processos. 

Em outras palavras, pode ser definido como uma ponte que faz o intermédio entre diferentes fontes de dados. Por exemplo: uma aplicação Windows que recebe e envia dados por um servidor Linux sem problema ou interferência alguma. 

Sendo assim, é fundamental para gerenciar dados em sistemas distribuídos, dar suporte no desenvolvimento de outras aplicações e simplificar alguns processos. Utilizar o middleware para a transmissão rápida e segura de dados é estar a muitos passos à frente no mercado.

3 – Invista em segurança cibernética

Falando em segurança, não podemos deixar de lado a importância de contar com o suporte de programas especializados em segurança cibernética para seguradoras. Dentro disso, é possível listar inúmeros pontos que merecem atenção: 

  • Segurança de rede, buscar softwares e medidas que protejam uma rede de computadores contra acessos não permitidos;

  • Safe cloud, desenvolvendo sistemas de criptografia para proteger o armazenamento e transmissão de dados da nuvem além de contribuir para a privacidade de possíveis clientes;

  • LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e segurança de informação, proteção para evitar a exposição de dados sensíveis em rede pública e sem controle de acesso.

Esses são apenas alguns dos pontos que necessitam de proteções específicas para manter a saúde dos dados de uma empresa em pleno equilíbrio. Aprofunde-se na rotina da sua empresa e encontre fios soltos que precisam ser devidamente protegidos. 

4 – Garanta Business Intelligence em tempo real

Basicamente é uma forma de combinar análise empresarial com filtragem, visualização e mineração de dados e ferramentas ideais para ajudar a sua empresa na tomada de decisões.

Dessa forma, é mais fácil para seguradoras executar um planejamento focado em resultados, afinal, serão decisões amparadas por dados reais com ações de fato eficientes. Na prática, um BI moderno é aquele que permite ter uma visão abrangente de todos os dados da sua empresa. Com isso, usá-los para transformar positivamente as entregas, reduzir ineficiência e impulsionar o crescimento. 

5 – Promova uma experiência única nos seus Canais Digitais

Milhares de empresas brasileiras estão investindo cada vez mais em tecnologias múltiplas, é o que mostra a pesquisa “Agenda 2022” realizada pela Deloitte. Ao menos 96% das organizações destinaram capital na criação de aplicativos, sistemas e plataformas de gestão. Destas, 95% focaram na gestão de dados e plataformas de segurança digital. 

E quando se fala em investimento em tecnologia a inteligência artificial se destaca visto que 39% das empresas passaram por digitalizações de processos. Destes, 34% contaram com auxílio de drones e realidade virtual ou aumentada. 

Porém, o uso de canais ou ferramentas digitais, isolado, não necessariamente irão garantir resultados de negócio do ponto de vista da transformação digital. 

O foco aqui acaba sendo não apenas em otimizar processos com auxílio de canais digitais, mas também em otimizar os recursos humanos ao criar uma cultura fortemente digital dentro da organização.

6 – Experimento o 5G e a Internet das coisas

Uma das tecnologias mais importantes do século 21, a Internet das Coisas (IoT) consiste na possibilidade de conectar inúmeros dispositivos a uma única rede. Dessa forma, é possível criar uma comunicação universal, emitir comandos e mais, usando um único canal. 

Carros, eletrodomésticos, eletrônicos e demais aparelhos interligados criando uma rotina mais prática e facilitada. No dia a dia é uma tecnologia que facilita o processo de entrega dos colaboradores que terão um controle maior resultando em um volume de execução mais rápido e simultâneo. 

7 – DevOps

O DevOps (Desenvolvimento e Operações) se trata de um modelo de desenvolvimento ágil que facilita e aprimora a entrega de um software de forma geral, pensando em todas as áreas que o envolvem. 

Sendo assim, consiste em um conjunto de técnicas e ferramentas que visam melhorar a organização de processos e oferecer aplicativos, produtos e serviços que priorizem a agilidade.

Empresas do setor de seguros que precisam agilizar as suas entregas garantindo a qualidade de suas soluções precisam estar atentas às metodologias de DevOps. Com ela é possível reduzir o tempo de desenvolvimento e lançamento de soluções digitais e automatizar operações utilizando as melhores práticas e profissionais do mercado.

O que impede a transformação digital em seguradoras?

Bom, como você pode ver, a transformação digital não é mais opcional, ou um diferencial, no setor de seguros. Afinal, inovar e estar sempre em busca de novas tecnologias é o passaporte para o crescimento e a prospecção de resultados cada vez mais altos. 

Mas o que pode impedir uma seguradora de passar por uma transformação digital? A resposta para essa pergunta pode estar vinculada a questões econômicas, concorrência mercadológica ou também razões mais particulares de cada seguradora, dentre elas:

  • Falta de conhecimento técnico sobre tecnologias, assim como a ausência de interesse pelo assunto;

 

  • Baixa produtividade e iniciativa por parte dos colaboradores e diretoria, comodismo que estagna e dificulta a inovação; 

  • Burocracias e dificuldade para encontrar fornecedores confiáveis e de qualidade com experiência em operações de TI.

Como reduzir os custos de operações em TI no setor de seguros?

No entanto, ainda que fundamentais, as operações de TI contam com um custo de investimento elevado, envolvendo desde a implementação de ferramentas até o treinamento de colaboradores, monitoramento dos dados, entre outros fatores. Mas como garantir a evolução e ainda reduzir esses custos? 

5 soluções para reduzir custos com TI em seguradoras

1 – Insurance Digital Channels

Uma solução para seguradoras que desejam otimizar e integrar seus canais digitais além de aprimorar e desenvolver ainda mais o relacionamento com seus clientes. Tudo isso fornecendo experiências digitais satisfatórias e memoráveis a partir de aplicações omnichannel. 

Tendo em vista a digitalização do mercado, canais digitais eficazes e avançados são fundamentais para a construção da imagem de uma empresa diante do público, assim como causar uma boa experiência aos consumidores potencializando resultados de negócio. 

De plataformas para relacionamento com revendas, investidores e fornecedores, à portais de treinamentos para colaboradores. Além de plataformas de onboarding e sistemas de verificação de identidade, para citar algumas possibilidades.

2 – Insurance Experience Design 

Entrar no portal da sua empresa precisa ser, antes de tudo, uma experiência única e positiva! Mais do que apenas comprar um produto ou serviço, os clientes buscam uma marca com processos facilitados que colaborem para otimização na sua rotina. Para isso, soluções como o Insurance Experience Design são fundamentais. 

Através do processo de Solution Design e UX Analysis é possível desenvolver novas soluções digitais com o envolvimento de especialistas no assunto. A partir disso traçar estratégias de melhor usabilidade do usuário a fim de aprimorar e otimizar sua experiência. 

3 – Insurance QA Automation

Toda mudança passa por um primeiro passo de compreender quais são os principais pontos de melhoria. É para ajudar líderes do setor de seguros que existe o Insurance QA Automation. Uma solução que realiza um diagnóstico completo da qualidade dos produtos e serviços de empresas seguradoras, garantindo a eficácia de seus processos de desenvolvimento. 

A avaliação leva em conta todo o ciclo de desenvolvimento, desde a validação do produto, ferramentas utilizadas, processo de desenvolvimento, documentações, testes, automação dos mesmos e mais. 

4 – Insurance Integration Tools

A solução ideal para seguradoras que desejam projetar e aplicar estratégias de API e Middleware com segurança e governança otimizada. Garantia de integração com insurtechs, ecossistemas de parceiros, clientes B2B e mais. 

O foco é sempre no resultado alcançado pela empresa seguradora. Processos centralizados de diversos setores em um só local facilitam o êxito dos negócios. Além de tudo, trazem dinamismo e automatizando os fluxos que antes eram realizados de modo manual.

5 – Whitelabel Open Insurance 

Através de soluções como Whitelabel Open Insurance da Zappts, ajudamos seguradoras a encurtar a jornada de consentimento do cliente dentro do sistema aberto de seguros. Isso se adequando imediatamente a fase 2 do roadmap do Open Insurance por meio de nossa solução web e mobile 100% customizável e responsiva. Tudo isso 100% alinhado ao guia de experiência do usuário da SUSEP.

Conclusão

Para se manter competitivo no mercado de seguros é preciso estar sempre alguns passos à frente da concorrência. É importante ter inovações tecnológicas que garantam resultados de negócio sem onerar os custos com as operações de TI.

A Zappts pode ajudar sua empresa na redução de custos de operações de TI e potencializar o retorno sobre os investimentos tecnológicos. Desde 2014 a Zappts garante resultados de negócio por meio de tecnologia. Sempre entregando cases de alta relevância usando processos ágeis, boas práticas de desenvolvimento e qualidade de software e uma capacidade ímpar de entender e resolver as dores do dia-a-dia de projetos de desenvolvimento de tecnologia. Empresas como a Porto, BTG, Santander, Getnet, PagoNxt e Auttar confiam seus processos de consultoria e desenvolvimento tecnológico com a Zappts.

Contemplamos soluções para todas as fases do desenvolvimento de soluções digitais, desde os processos de descoberta até a sustentação da solução. Com processos definidos e gestão ágil, nossas entregas são sempre baseadas em alinhamento de expectativa, qualidade e robustez técnica.

Para saber mais sobre estas soluções e garantir um free assessment de 1 hora com nossos consultores, entre em contato clicando aqui.